Simpósio do Porto - dia extra

Os vadios tiveram um dia extra no simpósio. No domingo, o POSk organizou um encontro de desenho. O local de encontro foi a Sé. Enquanto esperava fui riscando o caderno. A Casa dos 22, do mestre Fernando Távora merece sempre a nossa atenção. Enquanto desenhava ia ouvindo as várias línguas que denunciavam a origem dos vadios. Lá foram chegando com um sorriso nos lábios. O Armando mete ordem na Casa "vamos para Gaia". Assim foi, seguimos pelo tabuleiro da ponte D. Luís. A vontade que eu tive de ficar a desenhar no meio da ponte. Para cada lado que olhemos, uma pérola para desenhar.
 
 
Já na outra banda, procuramos uma sombra no jardim do morro e rapidamente ficamos sem respiração perante a beleza da vista panorâmica sobre a cidade do Porto. Era para contar as janelas e desenhá-las uma a uma. Ainda bem que não fiz, pois conheço um individuo que tentou e ainda hoje lá vai todos os dias para ver se termina do desenho (não é Armando??? :-) )
 
 
Depois do almoço tivemos de partir. Mas antes estivemos a organizar a logística para irmos vadiar até Amesterdão em 2019. Já escolhemos o parque de campismo. Falta apenas fechar o negócio com um autocarro em 15ª mão, que será personalizado com um logotipo criado pela nossa designer favorita - Isa Silva. Temos que partir em dezembro, para garantir que lá estaremos em julho de 2019.
No regresso ao Hotel ainda houve tempo para uns desenhos rápidos. Até breve Porto. Obrigado USK Portugal. Obrigado Posk e a todos os vadios.
 
 
 

Comentários

  1. Na verdade acho que já tenho janelas a mais... até outubro conto identificar as repetidas.
    Bela crónica e melhores desenhos André. O Porto também já é teu, espero ver-te por cá novamente. Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer que me sito em casa. É isso deve-sobretudo a ti a todos os Posk. Grande abraço

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares