sábado, 13 de agosto de 2016

Sal, Cabo Verde - parte I

1º vez, em Cabo Verde
 
 
1º desenho, ainda feito em casa. Antes de partir para um Lugar novo, gosto sempre de estudar um pouco a história desse lugar e assinalar alguns pontos de interesse, fugindo um pouco aos roteiros turísticos.
 
2º desenho, domingo, Pontão, Santa Maria, Sal.
 
 Ir para o Sal, sem poder apanhar sol, parece uma loucura, e talvez seja, mas para que servem as esplanadas e o diário gráfico?
 
o 1º desenho não podia ser outro - Praia do Pontão, o principal ponto turístico do Sal, o verdadeiro coração da ilha.
 
À direita, um grupo de jovens a jogar volei. Em 2º plano, temos o restaurante Cretcheu (em crioulo significa "quero-te muito"). Em 3º plano, conseguimos ver a cobertura de uma das mais antigas construções de Santa Maria, a Casa Viana, ou Vianinha. à Esquerda temos o famoso pontão. Ao domingo não há pesca, por isso hoje, só encontramos turistas que se deliciam a ver crianças e jovens locais a mergulhar para as águas límpidas. A algria destes jovens é contagiante. Apesar do peso do turismo, fiquei feliz pela forte presença dos habitantes locais na ilha. 

Sem comentários:

Enviar um comentário