terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Convento de Mafra

No dia 6 saí cedo de casa a pensar que ia desenhar o Museu da Eletricidade (manhã) e o Palácio de Sintra (tarde). No Museu da Eletricidade só fotografei e pus a conversa em dia com os sketchers presentes. A Sintra, infelizmente já não consegui ir. A caminho para casa, parei à frente deste gigante e decidi que tinha chegado a hora de o enfrentar (literalmente).
 
Era para ter ficado pela linha, mas ouvi uma voz "Faber-Castell...Faber-Castell" : Olhei para os lados e não encontrei ninguém, mas tenho a certeza que era o nosso amigo Procópio a castigar-me por passar por Mafra e não o ter convidado a desenhar comigo... Abraço António
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário