quinta-feira, 8 de junho de 2017

Depois da tempestade, um raio de sol

Lisboa | 7 junho
 
Sala de espera do Instituto Português de Reumatologia (esq)
Um antigo pátio coberto por uma claraboia, transformado numa sala de espera. É como se estivéssemos a ser observados por todo o lado. Foi a minha 1ª vez. Quando cheguei fiquei preocupado pelo estado de conservação do edifício. Quando saí, vejo reforçado o pensamento: O que faz as instituições não são os edifícios, mas as pessoas que lá trabalham. Pessoas incríveis que compensam todos os constrangimentos das instalações.
 
Depois da tempestade, um raio de sol - final de tarde na Gulbenkian
 
 
 
Um café no centro interpretativo Gonçalo Ribeiro Telles
De regresso ao carro, "obriguei-me" a caminhar pelo jardim.
 
 
Um último desenho. Aquela sensação que havia tanto por desenhar. Não faltarão oportunidades...
 
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário